Refugiados sírios podem chegar a 700 mil ainda em 2012

A Organização das Nações Unidas (ONU) alertou nesta quinta-feira que o número de refugiados sírios pode chegar a 700 mil até o fim do ano. Por isso, a entidade aumentou para $ 490 milhões de dólares o pedido total de fundos para ajuda aos refugiados.

AE, Agência Estado

27 de setembro de 2012 | 09h37

Até agora os doadores deram $ 141,5 milhões de dólares em auxílio para os que fogem da guerra civil na Síria. A agência para refugiados da ONU e outras organizações estimam que 294 mil pessoas já deixaram o país.

Os grupos humanitários anteriormente previam que até o fim de 2012 100 mil sírios teriam atravessado a fronteira em direção ao Líbano, Jordânia, Iraque e Turquia. Mas entre 2 mil e 3 mil sírios chegam todo dia nos países vizinhos e o conflito parece estar longe de terminar.

"Nós temos apenas um terço dos recursos de que necessitamos para dar uma resposta (adequada ao problema)", afirmou Panos Moumtzis, um dos coordenadores do Alto Comissariado para Refugiados da ONU. "Estamos correndo contra o tempo". As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
SíriarefugiadosONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.