Refugiados sudaneses lincham refugiado árabe em Darfur

Um refugiado árabe foi morto por membros de tribos africanas enquanto se encontrava sob a proteção de uma organização internacional de ajuda humanitária, informa a agência de notícias oficial do Sudão. Madbou Ahmed Abdul Rahman foi espancado até a morte por uma multidão de africanos quando ele e 16 outros moradores de um campo de refugiados chegaram a outro campo, ocupado por uma maioria de membros de tribos africanas, informa a agência SUNA.Funcionário da agência humanitária CARE Internacional acompanharam Abdul Rahman e seu grupo até o campo de refugiados de maioria tribal para que participassem de um programa de treinamento em saúde. Quando chegaram, os árabes foram atacados. Representantes da CARE em Londres disseram desconhecer o incidente.Árabes e tribos africanas enfrentam-se em Darfur há 18 meses, quando grupos rebeldes tribais pegaram em armas. Desde então, milícias árabes vêm executando uma campanha de terror para sufocar a rebelião, dando origem ao que as Nações Unidas já classificaram como a pior crise humanitária da atualidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.