Regente do Nepal diz que mortes foram "acidente"

O regente do Nepal garantiu hoje que a morte de oito membros da família real ocorreu por causa de disparos ?acidentais? de uma arma automática, contradizendo autoridades que haviam afirmado que o príncipe herdeiro havia atirado deliberadamente em seus parentes, por causa de uma disputa em torno de seu casamento. Em uma declaração oficial por escrito, o regente, príncipe Gyanendra, afirma que os tiros que mataram o rei Birenda, a rainha e seis outros membros da família real foram disparados acidentalmente. A nota do regente não cita o príncipe herdeiro Dipendra, que desde a tragédia é mantido vivo com o auxílio de máquinas, como responsável.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.