Região de Damasco é atingida por bombardeios

Segundo ativistas, mais de uma dúzia de foguetes atingiram a cidade de Daraya

Agência Estado,

15 de novembro de 2012 | 12h46

BEIRUTE - O exército da Síria lançou nesta quinta-feira, 15, uma grande operação militar na região de Damasco, colocando o território sob fogo de artilharia e ataques aéreo. Segundo ativistas do Comitê de Coordenação Local, mais de uma dúzia de foguetes atingiram a cidade de Daraya. "Havia chamas no céu e nuvens de fumaça do bombardeio. Há um apagão de eletricidade e os moradores estão correndo para se esconder", afirmou o grupo.

A Comissão Geral da Revolução Síria, uma rede de ativistas da oposição, afirmou que as condições humanitárias estão deploráveis. A região ao sul da capital, onde batalhas foram travadas entre rebeldes e governistas nos últimos dias, também foi abalada por bombardeios hoje, o grupo disse.

Na última quarta-feira, ataques com explosivos e confrontos na área de Damasco deixaram 21 pessoas mortas, apontam dados do Observatório Sírio para Direitos Humanos, que tem sede no Reino Unido.

A instituição também afirma que o exército fez hoje uma grande operação no distrito de Al-Waar, em Homs, matando dois insurgentes e um civil, em uma tentativa de recuperar o controle da área. O grupo de monitoramento apontou que o bairro estava sob bombardeio e o número de mortos deve subir em meio aos violentos confrontos e os relatos de pessoas gravemente feridas.

Durante os 20 meses de conflito, o Observatório aponta que 39 mil sírios morreram, com uma média semanal de mais de mil baixas nos últimos meses. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
SíriaconflitoDamasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.