Regime exporá corpo embalsamado de Kim Jong-il em mausoléu de Pyongyang

O corpo embalsamado do líder da Coreia do Norte morto em dezembro, Kim Jong-il, ficará exposto permanentemente no Mausoléu de Kumsusan, em Pyongyang. Em cidades do país, o ditador será homenageado com estátuas e monumentos. Assim, Kim segue os passos do pai, Kim Il-sung, cujo corpo também foi preservado. Segundo a agência estatal KCNA, também será construída uma torre em homenagem "à imortalidade" de Kim Jong-il. O Partido dos Trabalhadores da Coreia deu a ele o título de "eterno líder", que o aproxima do pai, fundador do país e ainda reverenciado como "presidente eterno". O aniversário de Kim Jong-il, 16 de fevereiro, foi declarado Dia da Estrela Guia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.