Regime sírio volta a atacar Homs pelo ar

Aviões da Força Aérea da Síria atacaram ontem o centro de Homs, no pior bombardeio ao reduto rebelde em meses, de acordo com ativistas. Os ataques também ocorreram com tanques e morteiros. No norte, ao mesmo tempo, as forças do governo tentam dominar a cidade de Alepo, a segunda mais importante do país.

HOMS, O Estado de S.Paulo

06 de outubro de 2012 | 03h05

Homs tem sido um dos focos da revolta de 18 meses contra regime do presidente Bashar Assad. Da cidade, a luta se deslocou para outras áreas, incluindo Alepo. Segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), grupo de oposição com sede em Londres, a violência do ataque a Homs foi muito mais intensa do que a de bombardeios anteriores. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.