Rehn deve ser eleito para o Parlamento Europeu

O comissário para assuntos econômicos e monetários da União Europeia, Olli Rehn, deverá ser eleito pela Finlândia para o Parlamento Europeu, de acordo com o resultado da contagem de cerca de 45% dos votos depositados nas urnas do país neste domingo. O ministro finlandês para Relações Europeias, Alexander Stubb, lidera a votação.

AE, Agência Estado

25 Maio 2014 | 16h12

A contagem até agora indica que Stubb recebeu 61.513 votos e é o candidato mais votado entre os 251 finlandeses que disputam os 13 assentos que o país possui no Parlamento Europeu. Entre os candidatos do Partido Central Finlandês, Rehn é o mais votado.

Rehn é comissário de assuntos econômicos da UE desde 2010. Durante a crise da zona do euro, ele se tornou uma figura central das políticas de austeridade impostas aos países que receberam assistência financeira internacional. Por causa disso, Rehn foi bastante criticado por alguns economistas.

Stubb, do Partido de Coalizão Nacional, também é candidato ao cargo de primeiro-ministro da Finlândia. O atual premiê, Jyrki Katainen, anunciou em abril que renunciaria ao cargo para buscar um alto posto na União Europeia em meados deste ano. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
FINLÂNDIA REHN PARLAMENTO ELEIÇÃO STUBB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.