Rei da Arábia Saudita é internado para realizar exames

Com 90 anos de idades, o rei Abdullah, da Arábia Saudita foi internado em um hospital na quarta-feira para realizar alguns exames, informou a agência de notícias oficial do país. Citando uma declaração real, a agência afirmou que o rei deve passar por testes na capital Riad, mas não deu mais detalhes.

Estadão Conteúdo

31 de dezembro de 2014 | 12h17

Na semana passada, o rei deixou a capital do país para descansar no acampamento real em Rawdat Khuraim, um oásis arborizado a cerca de 100 quilômetros de Riad. Foi neste resort que o monarca apareceu, em março, respirando com ajuda de tubos de oxigênio para receber o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Fotografias oficiais do rei mostram ele em uma cadeira de rodas.

A saúde do monarca tem sido acompanhada de perto, já que qualquer mudança na gestão do país poderia impactar na estabilidade de um dos maiores produtores mundiais de petróleo. A Arábia Saudita é uma monarquia absolutista sem Parlamento eleito. O rei tem poderes únicos para criar leis e nomear ministros.

Devido a problemas na coluna, o rei Abdullah teria passado por uma cirurgia em outubro de 2011 e em novembro de 2012 no mesmo hospital no qual se internou nesta quarta-feira. Em 2010, ele também passou por duas cirurgias em Nova York.

Seu sucessor e meio-irmão, príncipe Salman, de 79 anos, vem representando o reino em eventos no exterior. Como vice-primeiro-ministro e ministro da Defesa, Salman também passou a presidir diversas sessões do Parlamento do país. Outros dois herdeiros do trono morreram antes de Abdullah. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Arábia SauditaAbdullahsaúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.