EFE/Stephanie Lecocq
EFE/Stephanie Lecocq

Reino Unido anuncia área separada nas prisões para jihadistas

Autoridades acreditam que a medida servirá para evitar a radicalização de outros detentos

O Estado de S.Paulo

06 Julho 2017 | 12h24

LONDRES - O Reino Unido anunciou nesta quinta-feira que vai começar a prender em locais separados os extremistas muçulmanos, para evitar que radicalizem outros detentos.

A penitenciária Frankland de Durham, nordeste da Inglaterra, abrigará o primeiro "centro de separação" para estes detentos, anunciou o ministério do Interior.

Este será o primeiro de três centros que receberão 28 presos.

"Os criminosos mais perigosos e subversivos serão separados daqueles que tentam influenciar e converter", disse o secretário de Estado para o sistema prisional, Sam Gyimah.

A medida era uma das recomendações de um relatório sobre extremismo islâmico nas prisões e copia outras semelhantes adotadas na Holanda, França e Espanha./ AFP

Mais conteúdo sobre:
InglaterraReino Unido

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.