Reino Unido e Canadá alertam sobre possíveis atentados nas Filipinas

As embaixadas do Reino Unido e do Canadá em Manila advertiram nesta quarta-feira seus cidadãos nas Filipinas da possibilidade de mais atentados terroristas no país nos próximos dias."As agressões podem ocorrer a qualquer momento e em qualquer lugar das Filipinas", afirmou a legação canadense em circular. A advertência de britânicos e canadenses se soma às que foram emitidas na terça-feira pelas missões diplomáticas dos Estados Unidos e da Austrália.Duas bombas explodiram na terça em Mindanao, no sul das Filipinas, matando seis pessoas e feriram outras 33. O governo das Filipinas atribuiu os dois atentados a membros da organização Jemaah Islamiya, considerada o braço regional da Al Qaeda.Os serviços de inteligência militar filipinos acham que pelo menos 30 terroristas da Jemaah Islamiya se escondem no país, entre eles os indonésios Dulmatin e Umar Patek. O governo dos Estados Unidos oferece US$ 10 milhões pela captura de Dulmatin e US$ 1 milhão por Patek.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.