AFP PHOTO / LEON NEAL
AFP PHOTO / LEON NEAL

Grã-Bretanha e Tunísia homenageiam vítimas do atentado em Sousse

LONDRES - A população na Grã-Bretanha fez uma pausa nas ruas e nos locais de trabalho, igrejas, mesquitas, estações de trem e também no torneio de tênis em Wimbledon nesta sexta-feira, 3, para homenagear as vítimas do ataque terrorista na praia da Tunísia, em Sousse, que deixou 38 mortos, 30 deles cidadãos britânicos, há uma semana.

O Estado de S. Paulo

03 de julho de 2015 | 13h17

As bandeiras foram hasteadas a meio mastro no Palácio de Buckingham e nos prédios do governo. Entre as vítimas britânicas estavam desde um jovem de 19 anos estudante universitário até um cientista aposentado de 80 anos. A rainha Elizabeth II e o primeiro-ministro britânico, David Cameron, estavam entre os que fizeram um minuto de silêncio nesta sexta-feira.

Na Tunísia, uma multidão também prestou um minuto de silêncio para as vítimas na capital do país, Túnis. Pessoas de todas as religiões juntaram-se para a homenagem.

Uma cerimônia deve ocorrer hoje no hotel Imperial Marhaba, local aonde ocorreu o ataque, no resort no Mar Mediterrâneo, em Sousse. / ASSOCIATED PRESS 

Tudo o que sabemos sobre:
Grã-BretanhaTunísiaSousseterrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.