Reino Unido reestrutura as Forças Armadas

A Grã-Bretanha anunciou uma ampla reestruturação de suas forças armadas, com planos para torná-las mais leves, mais rápidas e com acesso a mais tecnologia para a guerra contra o terrorismo. O secretário de Defesa Geoff Hoon disse que as forças britânicas têm que ser modernizadas para continuar a acompanhar os EUA na guerra ao terror.Apresentando os planos do governo, Hoon disse que as Forças Armadas cortarão o número de armas pesadas como tanques e peças de artilharia; rebaixar uma de suas três brigadas blindadas e manter sob escrutínio o número de aeronaves de combate. Em contrapartida, afirmou que os militares terão mais alta tecnologia e serão capazes de chegar rapidamente a qualquer parte do mundo.Hoon disse à Câmara dos Comuns que as Forças Armadas precisam ser ?reajustadas? para a era pós-guerra fria. ?Este é um mundo em mudança, e temos que nos adaptar se quisermos que nossas Forças Armadas se mantenham à frente dos adversários em potencial?, disse.Ele explicou que uma grande área de investimento será a de tecnologia para garantir que tanques, navios e aviões na zona de batalha estejam ligados por computador. As chamadas ?capacidades implementadas por rede? permitirão que coletores de informação, comandantes e tropas trabalhem juntos com ?velocidade e precisão sem paralelos?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.