Relação EUA-Japão é 'crucial', diz Obama a Hatoyama

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, realizou hoje seu primeiro encontro com o novo primeiro-ministro do Japão, Yukio Hatoyama, e disse que as relações com Tóquio são de "importância crucial" e um "alicerce" da diplomacia norte-americana. O premier japonês, que dias atrás criticou a "globalização liderada pelos EUA", afirmou que a relação entre as duas nações será um "pilar importante" de sua política externa.

NATHÁLIA FERREIRA, Agencia Estado

23 de setembro de 2009 | 12h29

Obama buscou encontrar pontos em comum com Hatoyama ao fazer comparações implícitas entre as eleições de ambos, parabenizando o premier pela "extraordinária campanha" e por liderar uma "mudança dramática" no Japão.

O líder dos EUA disse que o encontro com o primeiro-ministro, em Nova York, resultou em "discussões preliminares muito boas sobre a importância da aliança EUA-Japão". Ele afirmou que a relação Tóquio-Washington era o "alicerce" da segurança e da prosperidade econômica dos dois países "há quase 50 anos". As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ONUObamaHatoyama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.