Relator da ONU Jean Ziegler avalia o Fome Zero

O relator especial da ONU sobre direito à alimentação, o suíço Jean Ziegler, desembarca nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro, procedente de Genebra. Vem se encontrar com organizações não-governamentais para avaliar o programa Fome Zero e aproveitará para acertar a tradução em português de seus dois últimos livros - Os Novos Donos do Mundo e O Império da Vergonha.Na sua primeira viagem ao Brasil como relator da ONU sobre alimentação, Jean Ziegler se envolveu numa séria polêmica com o governo FHC ao falar para a imprensa de suas impressões depois de uma viagem por diversos Estados e contatos com populações sofrendo de má nutrição. Mais conhecido por seu combate ao segredo bancário suíço, Jean Ziegler foi deputado federal suíço e sofreu numerosos processos com seu livro A Suíça Lava Mais Branco, seqüência do best-seller A Suíça Acima de Qualquer Suspeita, denunciando o segredo bancário como aspirador das riquezas dos países do Terceiro Mundo.No prefácio do livro Dinheiro Sujo da Corrupção, do jornalista Rui Martins, Jean Ziegler afirma que ?os milhões de dólares de Maluf escondidos nos bancos suíços com a cumplicidade dos banqueiros suíços são o sangue e as lágrimas dos favelados de São Paulo?.Assistente do prof. Roger Bastide, na juventude, Jean Ziegler deu aulas de sociologia na Cândido Mendes e na Universidade Federal da Bahia, onde viveu alguns anos. Antes de ser relator da ONU, era professor de sociologia na Sorbonne e em Genebra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.