Relatório propõe aulas de bem-estar e saúde em escolas inglesas

Documento faz revisão e recomendações para currículo de escolas primárias.

Da BBC Brasil, BBC

08 de dezembro de 2008 | 20h00

Um relatório encomendado por autoridades da Inglaterra propõe mudanças no currículo das escolas primárias que incluem a substituição das matérias tradicionais por seis "áreas de aprendizagem" e aulas de bem-estar e saúde.O documento, ainda em fase de preparação, é assinado pelo conselheiro do governo Jim Rose e sugere que as aulas deveriam ser mais direcionadas para a preparação das crianças para a vida fora das escolas.O relatório também propõe mais aulas de tecnologias para as crianças e afirma que lições sobre bem-estar emocional e aptidões sociais deveriam ser parte compulsória do currículo.Segundo um porta-voz do governo, o relatório - que faz uma ampla revisão do curriculo das escolas primárias - dá uma idéia de que mudanças podem ser feitas para melhorar o programa.O relatório final com as conclusões da revisão será publicado na primeira metade do ano que vem, e as recomendações aceitas pelo governo devem entrar em vigor em 2011.Cidadãos responsáveisSegundo o relatório, os alunos devem ter "qualidades pessoais, sociais e emocionais essenciais para sua saúde, bem-estar e para viver como cidadãos responsáveis no século 21".O relatório, que procura um método mais flexível de ensino e aprendizado, enfatiza ainda a importância das brincadeiras para o desenvolvimento da criança e sugere que sejam adotadas seis amplas "áreas de aprendizagem", em vez de 14 matérias individuais, como história, geografia e ciências.Essas áreas seriam: compreensão de inglês, comunicação e línguas; entendimento matemático; entendimento científico e tecnológico; entendimento humano, social e ambiental; entendimento de bem-estar e saúde física e entendimento das artes e desenho.Segundo o autor do relatório, a idéia é "ensinar os conhecimentos e habilidades que as crianças precisam e garantir que elas tenham várias oportunidades para usar esse conhecimento e essas habilidades para desenvolver seu entendimento e a ligação entre as matérias".Rose disse ainda que o currículo das escolas primárias deve refletir as mudanças nas experiências das crianças e deve reconhecer que muitas crianças pequenas já aprenderam a usar computadores em suas próprias casas.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.