Renúncia de ministro abre crise no governo

A renúncia do ministro da Agricultura do Japão, Takehibo Endo, abriu uma nova crise no governo do premiê Shinzo Abe. Endo, que foi nomeado havia apenas uma semana, é acusado de receber doações ilegais de empresas agrícolas. Diante do novo escândalo, a oposição passou a exigir que Abe dissolva o Parlamento e convoque novas eleições.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.