Renunciam prefeitos colombianos ameaçados de morte

Três prefeitos colombianos de municípios onde venceu o presidente eleito Álvaro Uribe renunciaram hoje a seus cargos depois de terem recebido ameaças de morte por parte das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), informou a emissora de rádio Caracol. Os prefeitos de El Hobo, Algecira e Gigante, todos localizados no departamento (Estado) de Huila, no sudoeste do país, renunciaram através de cartas enviadas às respectivas prefeituras. As Farc, desde antes das eleições presidenciais do último dia 26 de maio, anunciaram ataques e atentados terroristas em municípios onde Uribe saísse vencedor. Segundo o jornal El Nuevo Siglo, outros 35 prefeitos dos departamentos de Antoquia, Cauca, Caquetá, Casanare, Caldas e Norte de Santander receberam ameaças das Farc. Nas eleições presidenciais, Uribe venceu em departamentos com acentuada presença das Farc, enquanto que seu principal adversário, Horácio Serpa, conseguiu uma votação maior nas regiões com marcada influência das paramilitares Autodefesas Unidas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.