"Réplica" de busto dado à rainha é na verdade o original

Um busto de bronze africano considerado uma réplica de uma obra tribal valiosa do século 17, que por cerca de 30 anos faz parte da coleção de arte da rainha Elizabeth II, é na verdade o original e foi roubado do Museu Nacional de Lagos, segundo a imprensa britânica. O roubo teria sido realizado pessoalmente pelo então presidente da Nigéria Yakubu Gowon, que deu o busto de presente à rainha em 1973.Gowon, presidente do país africano entre 1966 e 1975, presenteou a rainha durante uma visita a Londres em agradecimento ao apoio recebido durante a guerra de Biafra.A intenção original de Gowon era presentear uma réplica de um dos mais famosos bronzes de Benin, uma das coleções artísticas e arqueológicas mais importantes do país. Contudo, a réplica não agradou o presidente, que foi pessoalmente ao Museu Nacional e pegou uma peça original - um busto de mulher de aproximadamente 1.600.A descoberta de que a peça era na verdade original e não uma réplica como o Palácio de Buckingham acreditava até recentemente foi feita após a visita de um especialista da revista Art Newspaper a uma exposição dos presentes recebidos pela rainha. Os responsáveis pela coleção da família declararam que por enquanto não há planos de devolver o busto à Nigéria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.