Réplicas de terremoto em Sichuan deixam 1 morto e 17 feridos

Mulher de 60 anos morreu de hemorragia cerebral após sofrer um ataque de pânico por causa do tremor

Efe,

25 de julho de 2008 | 04h21

Uma pessoa morreu e outras 17 ficaram feridas em três fortes réplicas do terremoto que castigou a província sudoeste chinesa de Sichuan em maio, informou nesta sexta-feira a imprensa oficial chinesa. As réplicas, com magnitudes entre 5,6 e 6 na escala aberta de Richter, provocaram o afundamento de 140 mil casas e danificaram outras 1.500 no distrito de Sichuan, província onde cerca de 90.000 pessoas morreram ou desapareceram há mais de dois meses quando um terremoto de magnitude 8 sacudiu a região. As três réplicas aconteceram na tarde desta quinta-feira, e atingiram especialmente o distrito de Qingchuan e o de Ningqian, na vizinha província de Shaanxi. Uma mulher de 60 anos morreu de hemorragia cerebral após sofrer um ataque de pânico por causa do terremoto, e outra de 24 ficou gravemente ferida ao saltar da janela de um prédio de dois andares em uma reação de pânico. Desde o terremoto de 12 de maio, o distrito de Qingchuan sofreu mais de 18.000 réplicas, 54 delas superiores a uma magnitude 4.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinaterremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.