Repórter do NYT preso por violar área de segurança

Um repórter e um fotógrafo de The New York Times foram acusados pela Guarda Costeira dos EUA de violar uma área de segurança, depois de terem sido recolhidos de um bote nas proximidades do Aeroporto Internacional John F. Kennedy. O repórter Corey Kilgannon e o fotógrafo Librado Romero faziam uma reportagem sobre três pescadores que, perdidos no mar, chegaram ao aeroporto no domingo sem terem sido notados pelo serviço de segurança.O piloto do barco em que os jornalistas estavam também foi detido. A Guarda Costeira diz que os três estão sujeitos a multa de US$ 50.000 e cinco anos de prisão. O piloto também está sujeito a uma multa extra de US$ 25.000 por aceitar passageiros sem ter licença para tanto. A polícia librou Romero mas reteve Kilgannon, depois de descobrir que ele era procurado desde 2002, por dirigir uma bicicleta na calçada.O porta-voz do NYT, Toby Usnik, disse que o jornal está cooperando com as autoridades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.