Repórter dos EUA é sequestrado perto da fronteira turca

O jornalista americano James Foley, de 39 anos, está desaparecido na Síria depois de ter sido sequestrado, há seis semanas, perto da fronteira com a Turquia. A informação foi revelada ontem pela família de Foley. Veterano de várias coberturas em zonas de conflito no Oriente Médio, como no Iraque e na Líbia, o repórter escrevia para a agência France Presse e site internacionais, como o Global Post.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.