Representantes americanos estão na Síria, diz Hillary

A secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, disse hoje, durante visita à Turquia, que representantes americanos estão na capital da Síria, Damasco, para conversações com o governo local. A decisão da administração Obama de enviar para a Síria Jeffrey Feltman, secretário de Estado adjunto para o Oriente Médio, e Daniel Shapiro, responsável por questões do Oriente Médio no Conselho de Segurança Nacional, foi o sinal mais expressivo de que a Casa Branca está pronta para se reaproximar do governo sírio, após anos de relações tensas.Os dois oficiais americanos se reuniram hoje com o chanceler sírio, Walid al-Moallem, logo depois de chegarem a Damasco. Ainda não foi confirmado, no entanto, se eles também seriam recebidos pelo presidente do país, Bashar Assad.Hillary disse ainda que o presidente Barack Obama deve visitar a Turquia nos próximos meses. Durante coletiva com o chanceler turco, Ali Babacan, Hillary disse que Obama logo visitará o país e que turcos e americanos discutirão a forma mais segura e efetiva de retirar as tropas americanas do Iraque.A Turquia é um aliado dos EUA que, segundo analistas, pode ajudar a Casa Branca numa série de questões de política externa, que incluem, além da retirada dos soldados americanos do Iraque, neutralizar as ambições nucleares do Irã e reverter a guerra no Afeganistão. Os EUA não têm representação diplomática na Síria desde 2005, quando o ex-premiê libanês, Rafik Hariri, foi assassinado. O crime foi atribuído à Síria, que nega a acusação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.