Repressão de protesto em Bangcoc fere 30

A polícia da Tailândia usou bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha ontem para dispersar 2 mil pessoas que protestavam pelo quarto dia contra o premiê Samak Sundaravej, deixando 30 feridos.Manifestantes que tentam depor o governo atacaram ontem a central de polícia de Bangcoc, fecharam três aeroportos e várias ferrovias no país, aumentando o temor de uma intervenção militar a menos de dois anos do golpe de 2006.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.