República Checa oferece tratamento a ucranianos feridos

O governo checo aprovou um plano para transportar 24 ucranianos feridos em protestos recentes para tratamento na República Checa.

AE, Agência Estado

26 de fevereiro de 2014 | 17h44

O primeiro-ministro do país, Bohuslav Sobotka, disse que dois aviões militares irão transportar os feridos até Praga na quinta-feira. Segundo o ministro da Saúde checo, Svatopluk Nemecek, 24 pacientes em "em condições muitos sérias a críticas" serão tratados em dois hospitais de Praga. Nemecek disse a maioria deles havia sido baleado.

Sobotka afirmou que o seu país quer ser ativo no processo de estreitar laços entre a UE e a Ucrânia. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.