Reprodução/Google Maps
Reprodução/Google Maps

República Dominicana emite alerta por proximidade de tempestade Dorian

A Dorian passou pela ilha de Santa Lucía e entrou no Caribe com ventos de até 85km/h enquanto se dirige a Porto Rico

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de agosto de 2019 | 03h30

SANTO DOMINGO - A República Dominicana emitiu nesta terça-feira, 27, um alerta no leste do país pela proximidade da tempestade tropical Dorian, que deve atingir a ilha entre quarta, 28, e a quinta-feira, 29.

O Escritório Nacional de Meteorologia da República Dominicana (Onamet) informou que as áreas podem ser atingidas em um prazo de 48 horas por ventos fortes, ondas de grande altitude e até inundações, provocadas pelas chuvas trazidas pela tempestade tropical.

O governo do país também determinou que todas as embarcações da ilha permaneçam nos portos. Em seis províncias do leste do país - San Pedro de Marcorís, La Romana, Hato Mayor, Seibo, Samaná e La Altagracia -, foi decretado alerta amarelo pela chegada da tempestade.

A Dorian passou pela ilha de Santa Lucía e entrou no Caribe com ventos de até 85km/h enquanto se dirige a Porto Rico, segundo informações do Centro Nacional de Furações dos Estados Unidos (NHC).

A tempestade deve atingir o sul de Porto Rico amanhã e chegar à República Dominicana à noite após cruzar o Canal de Mona, que separa as duas ilhas. O NHC afirma que as chuvas trazidas pela Dorian podem provocar enchentes "potencialmente mortais" na região.

Há, inclusive, risco de a tempestade ganhar força, chegar a produzir ventos de até 120km/h, se tornarndo um furacão de categoria 1, a mais baixa na escala Saffir-Simpson, que vai até 5. EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.