República Dominicana registra primeiro caso de cólera

País divide a Ilha Hispaniola com o Haiti, onde surto da doença já fez mais de mil mortes

(AE-AP), Agência Estado

16 de novembro de 2010 | 22h02

A República Dominicana anunciou na noite desta terça-feira, 16, a confirmação do primeiro caso de cólera no país depois da eclosão de um surto da doença no vizinho Haiti.    

 

Veja também:

linkSoldado da ONU mata manifestante em protesto no Haiti

linkPara OMS, não é o momento de investigar origem de surto de cólera no Haiti

linkMortes por cólera no Haiti passam de mil 

blog  Veja imagens da epidemia que assola o país 

O Ministério da Saúde do país informou que o paciente é um haitiano que regressou recentemente à República Dominicana depois de uma visita a seu país de origem.

O surto de cólera no Haiti já provocou a morte de mais de mil pessoas e a internação de cerca de 16.700, segundo as mais recentes cifras oficiais. Entidades assistenciais advertem que o número de vítimas pode ser ainda maior.

Haiti e República Dominicana compartilham a Ilha Hispaniola, no Caribe. Assim como o Haiti, a República Dominicana nunca havia registrado antes nenhum caso de cólera antes deste ano.

A cólera é uma doença gastrointestinal transmitida por meio de água contaminada e está relacionada a condições precárias de higiene, à superpopulação e à falta de sistemas adequados de saneamento. A doença pode ser tratada com relativa facilidade, mas provoca muitas mortes em países em desenvolvimento.

Tudo o que sabemos sobre:
República Dominicanacólera

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.