República Tcheca abandona Conferência sobre Racismo

Diversos outros países também se recusaram a participar do encontro

EFE

21 de abril de 2009 | 06h48

A República Tcheca, que ocupa a Presidência rotativa da União Europeia (UE), abandonou a Conferência Mundial sobre o Racismo da ONU, segundo confirmaram nesta terça-feira fontes tchecas.

 

Com isso, a República Tcheca se soma a Israel, Estados Unidos, Itália, Austrália, Canadá, Polônia, Alemanha, Holanda e Nova Zelândia, que se negaram a participar do encontro por considerar que se transformaria em um fórum antissemita.

Tudo o que sabemos sobre:
REPÚBLICA TCHECARACISMOONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.