Republicana lança candidatura à presidência dos EUA

A deputada republicana Michele Bachmann lançou hoje sua candidatura à presidência dos Estados Unidos. Preferida dos cristãos conservadores e ativistas do grupo conhecido como Tea Party, ela espera conquistar credibilidade para ser considerada uma séria concorrente ao presidente Barack Obama.

AE, Agência Estado

27 de junho de 2011 | 12h55

Bachmann, que está em seu terceiro mandato na Câmara, pelo Estado de Minnesota, planeja realizar um comício em Waterloo, em Iowa, sua terra natal. O Estado realiza a primeira disputa republicana de nomeação de candidatos, que acontece por meio de reuniões, conhecidas como caucuses.

O resultado de uma enquete, divulgado na noite de sábado, mostra Bachmann em empate técnico com o governador de Massachusetts, Mitt Romney. A pesquisa mostrou que Romney tem o apoio de 23% dos entrevistados e Bachmann 22%. O levantamento foi feito com pessoas que disseram que provavelmente votariam no caucus do Estado.

Falando do lado de fora de uma mansão história em Waterloo, Bachmann disse que está iniciando sua campanha "não por vaidade", mas porque os eleitores "devem fazer uma escolha corajosa se quisermos garantir a promessa do futuro".

Bachmann é a única mulher a entrar na corrida presidencial até agora. Outra favorita do Tea Party, a ex-candidata à vice-presidência em 2008, Sarah Palin, ainda não declarou se pretende concorrer em 2012.

Em entrevista à Associated Press ontem, Bachmann acusou Obama de fazer uma política equivocada. "Pessoalmente, não tenho nada contra o presidente. Mas ele está errado e suas receitas políticas estão erradas." As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.