Republicano Mitt Romney lança-se à Presidência dos EUA

O conservador republicano Mitt Romney, ex-governador de Massachusetts, lançou na terça-feira sua candidatura à Presidência dos Estados Unidos pedindo "inovação e transformação" para rejuvenescer a economia e restaurar a fé no governo. Num discurso no museu Henry Ford, num subúrbio de Detroit, Romney disse que é capaz de recuperar o espírito de engenhosidade que transformou a indústria americana. "Chegou a hora de inovação e transformação em Washington", disse Romney, dividindo o palco com um Ford híbrido e com um AMC Rambler antigo, da montadora de seu pai. "A inovação e a transformação estão no coração do sucesso dos EUA", disse Romney. O pai dele, além de executivo do setor automobilístico, foi governador do Michigan. "Se já houve um momento em que a inovação e a transformação eram necessárias no governo, esse momento é agora." Romney se posicionou como uma alternativa mais conservadora para os atuais favoritos republicanos, John McCain, senador pelo Arizona, e Rudolph Giuliani, ex-prefeito de Nova York. Mas seu apelo aos conservadores vem sendo prejudicado por sua inconsistência em questões polêmicas como o direito dos gays e o aborto, que no passado ele apoiava, mas agora é contra. Também não se sabe se Romney conquistará o eleitorado evangélico, já que é mórmon.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.