REUTERS/Scott Morgan/Files
REUTERS/Scott Morgan/Files

Republicano Rick Santorum desiste de pré-candidatura e declara apoio Rubio

Ex-senador que teve apenas 1% dos votos no caucus de Iowa, na segunda-feira, disse que Marco Rúbio pode unir de 'moderados a conservadores' e 'jovens a velhos' na disputa pela Casa Branca

O Estado de S. Paulo

04 de fevereiro de 2016 | 09h40

WASHINGTON - Rick Santorum abandonou na noite de quarta-feira, 3, a corrida para ser o candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos e disse que vai apoiar o senador Marco Rubio na disputa pela Casa Branca.

Santorum, ex-senador de 57 anos, venceu a disputa republicana em Iowa quatro anos atrás, mas recebeu apenas 1% dos votos no caucus de segunda-feira no Estado que abre a disputa pela indicação de seu partido.

Em participação na emissora Fox News para anunciar sua desistência e o apoio a Rubio, Santorum descreveu o senador da Flórida como "um homem jovem tremendamente talentoso... um líder nato". Ele disse que Rubio pode "unir o país, não apenas moderados e conservadores, mas jovens e velhos".

Rubio, de 44 anos, terminou em terceiro na disputa de Iowa na segunda-feira, na primeira disputa na batalha que decidirá o indicado republicanos para disputar a eleição presidencial de novembro.

O senador Ted Cruz, do Texas, ficou em primeiro em Iowa, impondo uma derrota ao magnata Donald Trump, apontado como o favorito pelas pesquisas.

Pouco depois, em seu perfil no Twitter, o ex-senador agradeceu o apoio a seus correligionários e lamentou que este não tenha sido seu ano, e aproveitou para pedir apoio a Rubio.

Santorum, de 57 anos, não ocupa um cargo político desde 2007, quando deixou de ser senador pela Pensilvânia, e suas posições muito conservadoras em questões sociais foram seu maior ativo para conseguir bons resultados nas primárias de 2012, que lhe renderam o segundo lugar, atrás do indicado Mitt Romney.

Com a saída de Santorum, a corrida para a nomeação do Partido Republicano, que chegou a contar com 17 pré-candidatos, fica reduzida a nove, e é esperado que após as primárias de New Hampshire, que acontecem na próxima terça-feira, esse número se reduza ainda mais. / REUTERS e EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.