Republicanos elogiam França por impedir acordo com Irã

Os líderes conservadores dos Estados Unidos elogiaram a França neste domingo depois que o país foi responsável por impedir um acordo entre as potências ocidentais e o Irã sobre o programa nuclear iraniano.

AE, Agência Estado

11 de novembro de 2013 | 05h13

"Vive la France!", twittou o senador republicano John McCain. "A França teve a coragem de impedir um acordo nuclear ruim com o Irã", completou.

Durante os três dias de intensas negociações em Genebra, representantes da França expressaram repetidamente as preocupações sobre vários pontos de um possível acordo e reforçaram a falta de garantias.

"Agradeço a intervenção da França. Os franceses estão se tornando muito bons líderes no Oriente Médio", disse o senador Lindsey Graham, sugerindo que seria a favor de mais sanções contra o Irã. "Meu medo é que acabemos criando uma situação parecida com a da Coreia do Norte, onde vamos negociar com o Irã e um dia acordaremos e veremos um Irã nuclear", acrescentou. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
euafrançairã

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.