Republicanos sofrem mais uma desistência

Após ficar em 3º na votação em Iowa, Tim Pawlenty anuncia sua saída da disputa por candidatura presidencial

Gustavo Chacra, O Estado de S.Paulo

15 de agosto de 2011 | 00h00

CORRESPONDENTE / NOVA YORK

As primárias republicanas tiveram a desistência de um nome de peso ontem. O ex-governador de Minnesota Tim Pawlenty, que chegou a ser cotado como favorito na disputa pela candidatura do partido nas eleições presidenciais do ano que vem, anunciou sua retirada da disputa.

A decisão de Pawlenty foi tomada depois do seu mau desempenho em uma votação simbólica realizada em Iowa no sábado. A vitoriosa foi a deputada Michele Bachmann, também de Minnesota e conhecida por ser uma cristã fervorosa.

No mesmo dia, o governador do Texas, Rick Perry, anunciou sua entrada na disputa com um discurso religioso conservador. No comando de um Estado forte e com sucesso na criação de empregos em tempos de crise, ele já passou a ser considerado um dos nomes fortes nas primárias, ao lado de Michele e de Mitt Romney, ex-governador de Massachusetts e líder nas pesquisas.

"Eu desejava que fosse diferente. Mas, obviamente, um caminho viável para mim realmente não existe e vamos encerrar a campanha", disse Pawlenty em entrevista à rede de TV ABC. Em 2008, ele chegou a ser cogitado para ser vice na chapa de John McCain, antes de ser preterido por Sarah Palin, que não decidiu se entrará na disputa deste ano.

A terceira colocação de Pawlenty deixou claro que seria difícil para ele emplacar sua candidatura. Por isso, ele decidiu não levar adiante sua campanha. Mas com a saída de Pawlenty os demais pré-candidatos começaram a lutar por seu apoio.

Ainda sem perspectiva de enfrentar primárias, Obama inicia hoje uma viagem pelo Meio-oeste americano, incluindo Iowa, em uma espécie de lançamento da campanha para a reeleição. Em meio à crise econômica, a popularidade de Obama caiu para 42%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.