Resgatado prefeito colombiano seqüestrado pela guerrilha

Tropas do exército colombiano resgataram das mãos da guerrilha o prefeito de Ricaurte, Luis Orlando Hernández, em uma operação que matou seis rebeldes, informam fontes militares. Hernández tinha sido seqüestrado no dia 25 de agosto, quando um comando conjunto de guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e do Exército de Libertação Nacional (ELN) interceptaram seu carro em uma estrada que cruza uma região montanhosa do departamento de Nariño. O prefeito era mantido como refém pelos rebeldes em um casebre na zona rural de Ricaurte, 570 quilômetros ao sudoeste de Bogotá e próximo da fronteira com o Equador. Ontem à tarde chegaram ao local tropas que conseguiram resgatar o prefeito, depois de travar combate no qual morreram seis rebeldes. Hernández foi levado pelas tropas a Pasto, capital do departamento de Nariño, onde foram feitos exames médicos, segundo informam os militares. Depois de constatado que não havia nenhum problema de saúde, ele entrou em contato com a família. Continuam seqüestrados pelas Farc o prefeito de Toribío, Arquímedes Vitonás, e o ex-vereador da cidade Gilberto Muñoz. Os dois foram seqüestrados pelos guerrilheiros em 22 de agosto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.