Resgatados corpos de vítimas de acidente aéreo na Rússia

Resgatados corpos de vítimas de acidente aéreo na Rússia

O ministro de Situações de Emergência da Rússia, Sergei Shoigu, anunciou hoje que as equipes de busca recuperaram todos os corpos das vítimas da queda do avião Tupolev, que transportava o presidente da Polônia e sua delegação de autoridades de alto escalão.

AE-AP, Agência Estado

10 de abril de 2010 | 16h29

"Neste ponto, os corpos de todos os mortos foram recuperados e eles começaram a ser transferidos para Moscou", disse Shoigu ao primeiro-ministro da Rússia, Vladimir Putin, que chegou nesta tarde a Smolensk para inspecionar pessoalmente o local do acidente.

O Tupolev que transportava o presidente da Polônia, Lech Kaczynski, sua esposa, Maria Kaczynska, e sua comitiva caiu a cerca de um quilômetro do aeroporto militar Smolensk-Severnuy, após sua quarta tentativa de aterrissar em meio a um intenso nevoeiro. O grupo participaria das cerimônias em Katyn (Rússia) em memória do massacre de 22 mil poloneses pelos agentes soviéticos há 70 anos.

A agência de notícias oficial da russia, RIA-Novosti, disse que as indicações preliminares são de que o acidente foi causado por erro dos pilotos.

Na delegação estavam o presidente do Banco Nacional da Polônia, Slawomir Skrzypek, o embaixador da Polônia em Moscou, o vice-ministro da Defesa, o vice-líder do Senado e o da Câmara Baixa, o vice-ministro das Relações Exteriores, o chefe de equipe do Exército, o chefe de gabinete do presidente, o chefe do Escritório de Segurança Nacional, entre outras autoridades.

As informações sobre o número total de mortos ainda são desencontradas. As autoridades na Polônia dizem que 88 pessoas morreram no acidente, enquanto o Ministério de Situação de Emergência da Rússia informa que o número chega a 96; o Comitê de Investigações russo diz que 132 morreram.

Tudo o que sabemos sobre:
Polôniaacidentepresidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.