Resgatados os 20 mineiros presos em mina no Canadá

Os vinte mineiros que ficaram presos em uma mina no Canadá foram libertados na noite de terça-feira (horário local), afirmou a empresa Potash Corp. of Saskatchewan (PotashCorp), dona do empreendimento. O incidente foi causado por um incêndio na mina localizada em Rocanville, província canadense de Saskatchewan.

AE, Agência Estado

26 de setembro de 2012 | 11h20

De acordo com um porta-voz da companhia, nenhum dos 20 mineiros ficou ferido. Eles abrigaram-se em áreas de refúgio dentro da mina, onde têm alimentos, água e meios de comunicar-se com o exterior. A Potash Corp. disse que as atividades no local serão reiniciadas ainda nesta quarta-feira. A mineradora é a maior produtora de potássio do mundo.

Havia 29 trabalhadores dentro da mina quando o incêndio aconteceu, por volta das 2h de terça-feira (5h em Brasília). A equipe de emergência foi capaz de trazer nove dos mineiros para a superfície.

Em janeiro de 2006, outro incêndio ocorrido na mesma região, em uma mina da empresa Mosaic, deixou 72 mineiros presos. O fogo demorou um dia e meio para ser controlado mas ninguém ficou ferido. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Canadáminaacidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.