Resgate de empresário termina com 7 mortos nas Filipinas

O chefe da Polícia metropolitana, Perfecto Palad, disse que os agentes trocaram tiros com os membros da quadrilha, que pedia um resgate de 20 milhões de pesos (US$ 416 mil) pelo comerciante de tabaco

EFE

11 de julho de 2009 | 04h22

A Polícia filipina matou sete sequestradores durante uma operação para resgatar um empresário na capital Manila, informaram neste sábado as autoridades locais.

 

O chefe da Polícia metropolitana, Perfecto Palad, disse que os agentes trocaram tiros com os membros da quadrilha, que pedia um resgate de 20 milhões de pesos (US$ 416 mil) pelo comerciante de tabaco.

 

Palad explicou que a Polícia matou três sequestradores na troca de tiros e outros quatro em uma blitz próxima quando tentavam escapar.

 

Pelo menos 50 pessoas foram sequestradas este ano nas Filipinas, segundo organizações independentes, e 20de acordo com a Polícia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.