Resgate de mineiros deve começar às 20h, diz jornal

O jornal chileno El Mercurio informa, em sua página na internet, que o processo de resgate dos 33 mineiros presos no subterrâneo de uma mina no norte do Chile deve começar às 20h (de Brasília) de hoje. Os mineiros estão há 68 dias presos a quase 700 metros de profundidade na mina San José, perto da cidade de Copiapó.

AE, Agência Estado

12 de outubro de 2010 | 10h44

O resgate iniciará com a descida da cápsula que retirará os homens, batizada de Fénix. Nessa primeira viagem, a cápsula irá vazia, para um teste. Em seguida, caso tudo corra bem, a cápsula será içada e então um membro da equipe de resgate descerá até a mina para auxiliar nos trabalhos, explica o diário.

No total, serão quatro pessoas a descer na mina. Elas levarão medicamentos para tratar desde dores de cabeça até enfartes. Na noite de ontem, o ministro da Mineração, Laurence Golborne, disse a familiares dos mineiros que a hora oficial para o início da retirada dos mineiros é à meia-noite, mas isso poderia ser adiantado.

Por volta das 18h (de Brasília), o presidente chileno, Sebastián Piñera, deve chegar à mina acompanhado de seu colega boliviano, Evo Morales. Há um mineiro boliviano preso junto com os 32 chilenos.

Até o momento, os testes realizados com a cápsula pelo buraco construído para o resgate foram bem-sucedidos, segundo as autoridades. Estima-se que o processo de resgate de cada mineiro dure 55 minutos, segundo El Mercurio.

Tudo o que sabemos sobre:
Chileresgatemineiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.