Resgate do Kursk pode ser interrompido

Um cabo da serra submarina usada no corte do casco do submarino Kursk rompeu-se nesta quarta-feira ao cair sobre rochas no fundo do mar.O incidente obrigou a equipe de resgate russo-norueguesa a suspender novamente os trabalhos pelo menos até esta quinta-feira.A meta é içar o corpo do Kursk, sem a proa, até o fim do mês. Nesta terça-feira, no entanto, o presidente russo, Vladimir Putin, deu a entender ao diário The Times que a operação pode ser adiada para 2002.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.