Pichi Chuang/Reuters
Pichi Chuang/Reuters

Resgate encontra 970 sobreviventes em aldeias em Taiwan

Sobreviventes foram transportados por helicóptero para Cishan, no sul do país; chuva dificulta operações

Efe e AP,

12 de agosto de 2009 | 10h05

Equipes de resgate de Taiwan encontraram 970 sobreviventes do tufão Morakot em três vilas isoladas por deslizamentos de terra após a passagem da tempestade pela ilha no final de semana, informou o exército nesta quarta-feira, 12.

De acordo com os militares, a maior parte dos sobreviventes foi encontrada na terça-feira e alguns foram removidos hoje. Ao menos 500 pessoas foram encontradas em Min Tzu, 200 em Chin He e 270 em Shiao Lin.

Os sobreviventes foram transportados por helicóptero para Cishan, no sul do país, que está sendo usada de base para as operações. A chuva na região dificulta ações de resgate na região.

A agricultura, concentrada no sul, foi devastada pelo Morakot, com a destruição de 20.432 hectares, um quarto das terras cultivadas.

A infraestrutura de comunicação no sul e na zona montanhosa central de Taiwan foi fortemente danificada, com a destruição de centenas de trechos de estradas e a derrubada de mais de 20 pontes.

Vários prédios, entre eles um hotel de seis andares, desabaram e diversos navios encalharam nas cercanias da ilha.

Um terremoto de 5 graus na escala Richter, seguido de duas réplicas de 4,4 e 3,7 graus, abalou hoje o noroeste de Taiwan, sem deixar vítimas, informou o Serviço Meteorológico Central da ilha.

Tudo o que sabemos sobre:
TaiwanTufãoMorakot

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.