Resgate francês na Somália mata 19

Um ataque francês para libertar um agente da inteligência capturado na Somália terminou com a morte do refém, de 17 rebeldes islâmicos e de um soldado francês. Os sequestradores negam ter matado o agente e afirmam que fizeram refém um segundo soldado. O agente morto, conhecido apenas pelo codinome Denis Allex, havia sido sequestrado em 14 de julho de 2009. / AP

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.