Resolução sobre Iraque deve sair nos próximos dias

Um documento preliminar da nova resolução do Conselho das Nações Unidas sobre a inspeção de armas no Iraque deve ser apresentado nos próximos dias, informou a assessoria do primeiro-ministro britânico, Tony Blair. A resolução trará as condições que o Iraque terá de cumprir para que os inspetores retomem seu trabalho.Ministros britânicos se reunirão mais tarde nesta segunda-feira para discutir um dossiê sobre as armas de destruição em massa do Iraque. O dossiê será distribuído amanhã, antes da sessão extraordinária do Parlamento, que foi chamado do recesso para discutir a situação do Iraque.O apoio do primeiro-ministro às intenções dos EUA de atacar o Iraque, no entanto, tem encontrado resistência dentro do próprio governo e do Partido Trabalhista. Claire Short, secretária do Estado para Desenvolvimento Internacional, disse que cada uma das vidas do povo iraquiano é tão preciosa quanto a das 3 mil pessoas que morreram nas torres gêmeas.O representante do Partido Trabalhista, Alan Simpson, fez circular um panfleto dizendo que o Iraque nunca utilizou-se de armas de destruição em massa contra a Europa ou os EUA. O panfleto diz ainda que o ocidente falhou ao não reprimir o Iraque quando utilizou agentes químicos contra o Irã, durante a guerra entre os dois países nos anos 80.O líder da Casa dos Comuns, Robin Cook, afirmou sábado que a Grã-Bretanha e os EUA vão buscar o apoio internacional antes de tomar qualquer ação contra o Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.