Responsável por atentado na Irlanda condenado a 20 anos

Um tribunal de Dublin condenou Michael McKevitt por comandar, durante um ano, as atividades terroristas do IRA Autêntico, facção dissidente do Exército Republicano Irlandês (IRA) que se responsabilizou pelo atentado de Omagh em 1998, no qual 29 pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridas. Ele foi sentenciado a 20 anos de prisão. McKevitt, de 53 anos, também foi condenado por pertencer a um grupo clandestino. "O acusado teve um papel importante na organização que dirigia e induziu outras pessoas a se unirem a ela", disse o juiz Richard Johnson, um dos três magistrados que decretaram McKevitt culpado em ambos os delitos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.