Resto de navio é achado no WTC

Embarcação do século 18 está 10 metros abaixo do nível da rua onde ficavam torres

NYT, O Estado de S.Paulo

16 de julho de 2010 | 00h00

Na terça-feira, operários que fazem escavações no marco zero ao sul de Manhattan, para a construção do futuro World Trade Center, encontraram tábuas, regularmente espaçadas, envolvidas numa lama cinzenta do mar.

"Elas estavam perfeitamente encurvadas e claramente eram parte de uma embarcação", disse A. Michael Pappalardo, arqueólogo da AKRF, empresa que trabalha para a Autoridade dos Portos de Nova York e New Jersey documentando todo o material histórico descoberto durante a construção do WTC.

O casco de madeira da embarcação de 9,75 metros de comprimento estava entre 6 e 10 metros abaixo do nível da rua onde ficava o World Trade Center, destruído nos atentados de setembro de 2001. O navio teria sido afundado na área do sul da cidade, antes de ela ser ampliada em direção ao Rio Hudson.

A embarcação foi achada perto de onde havia um porto, segundo um mapa de 1797. Esta é a primeira descoberta arqueológica de grande importância na área desde 1982, quando foram localizados os restos de um navio mercante. Essa região não foi escavada na construção do WTC original, nos anos 70.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.