Restos de naufrágio de 200 anos descobertos no Havaí

Os restos de pelo menos um dos dois baleeiros britânicos que se perderam no noroeste do arquipélago do Havaí, há quase 200 anos, podem ter sido encontrados. Mergulhadores da Administração Nacional de Oceano e Atmosfera dos EUA (NOAA, na sigla em inglês), encontraram destroços enquanto limpavam os recifes do Atol Pearl e Hermes, batizado em homenagem aos navios, desaparecidos em 1822.Se a descoberta for confirmada, será o mais antigo naufrágio ocidental descoberto em águas havaianas, disse Hans Van Tilburg, coordenador de patrimônio marítimo para o escritório regional de santuários marinhos da NOAA.Objetos encontrados no local incluem âncoras, grandes caldeirões usados para processar óleo de baleia, ferramentas de metal e até partes do madeirame do navio. Segundo a NOAA, o Pearl navegava com o Hermes quando atingiu o recife em 24 de abril de 1822. Quando o Hermes correu para ajudar, bateu na barreira também. A tripulação de ambos os navios nadou para o litoral e foi resgatada mais tarde.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.