Restos mortais da queda do MH17 seguem para Carcóvia

O chefe da missão de recuperação disse que os restos mortais serão verificados antes de serem levados para a Holanda

AE, Estadão Conteúdo

03 de agosto de 2014 | 10h05

Os restos mortais encontrados por investigadores internacionais na região da queda do avião da Malaysia Airlines no leste da Ucrânia foram entregues em caminhões refrigerados para a cidade de Carcóvia.

Os caminhões transportavam os restos mortais e objetos pessoais encontrados durante os dois primeiros dias de uma investigação que visa coletar o que foi ignorado pelas equipes de emergência locais, após o avião que levava 298 pessoas ter sido abatido em 17 de julho.

O comboio chegou antes do amanhecer de domingo na Carcóvia. O chefe da missão de recuperação, liderada pelos holandeses, disse que os restos mortais serão verificados antes de serem levados para a Holanda.

Pieter-Jaap Aalersberg disse em um comunicado na tarde de sábado que toda a área em torno de uma granja perto de Hrabove foi analisada e os investigadores irão se deslocar para outros locais onde destroços da aeronave foram encontrados. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ucrâniarestos mortais

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.