Retirada de retrato de Diana de zoológico causa polêmica

A Família Real britânica se viu envolvida numa nova polêmica depois que os responsáveis por um zoológico retiraram um retrato da princesa Diana durante os preparativos para uma visita do duque de Kent, informaram neste sábado vários jornais.Em 1989, Diana inaugurou a jaula dos chimpanzés do citado zôo, ato marcado pela colocação de um retrato da princesa e de uma placa comemorativa.Segundo o Daily Telegraph, acredita-se que a retirada de ambos os objetos foi feita após consultas aos representantes da rainha no condado de Chester.A princesa, que morreu num acidente de trânsito em Paris no dia 31 de janeiro de 1997, tinha, entre outros, o título de condessa de Chester. Por isso, a retirada de seu retrato para algumas pessoas é "um insulto a sua memória", acrescenta a publicação.O diretor da revista Royalty, Marco Houston, declarou ao Daily Telegraph que provavelmente alguém no zôo decidiu que essa era a melhor maneira de "não ofender os membros da Família Real e evitar um deslize".Paul Burrell, ex-mordomo de Diana, disse que "há muitos que erradicariam sua memória se pudessem".O duque de Kent, que é primo da rainha Elizabeth II, foi quinta-feira ao zoológico de Chester entregar a seus administradores um prêmio real de reconhecimento a sua contribuição à ciência, à preservação e à educação.Ao ser perguntada se a Família Real tinha influenciado na retirada dos objetos que lembravam Diana, uma porta-voz do zôo respondeu: "Em absoluto".No entanto, a funcionária disse que todos os aspectos da visita foram tratados com o representante da rainha Elizabeth II nesse condado, William Bromley Davenport.Uma porta-voz do Palácio de Buckingham declarou, por sua vez, que jamais seria solicitado que o zôo retirasse o retrato da princesa Diana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.