Retirada ordem de prisão contra Benazir

Um tribunal paquistanês ordenou ontem a retirada do pedido de prisão internacional contra a ex-premiê Benazir Bhutto, disse seu advogado. Ela deixou o Paquistão para evitar as acusações de corrupção após a queda de seu segundo governo, em 1996. Especula-se que Benazir estaria negociando seu retorno e um governo compartilhado com o presidente Pervez Musharraf.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.