Erik de Castro/Reuters
Erik de Castro/Reuters

Retomada busca de pessoas soterradas em deslizamento nas Filipinas

Segundo autoridades, 22 pessoas continuam desaparecidas; nos trabalhos de resgate participam equipes de voluntários, soldados equipados com cães e maquinaria pesada

Efe,

23 de abril de 2011 | 04h29

MANILA - As equipes de resgate retomaram neste sábado, 23, a busca de mais de 20 pessoas soterradas 24 horas antes em uma área mineira do sul das Filipinas por causa de um desmoronamento de terra, indicaram as autoridades.

 

A Agência Nacional para a Mitigação de Desastres abaixou para três o número de vítimas confirmadas, depois que o prefeito da aldeia de Putukan, Celso Sarenas, informou no dia anterior que tinham sido recuperados 27 cadáveres.

 

Sarenas assinalou em mensagem de texto que tinha recebido "informação incorreta" das autoridades de saúde.

 

Segundo o balanço da agência, pelo menos 22 pessoas continuam desaparecidas em um setor desta aldeia da província de Compostela, situada a cerca de mil quilômetros ao sul de Manila.

 

Nos trabalhos de resgate participam equipes de voluntários, soldados equipados com cães adestrados e maquinaria pesada.

 

A avalanche de terra soterrou várias cabanas nas quais se alojavam mineiros e suas famílias, e também cobriu os acessos à mina, explorada ilegalmente.

 

Cerca de 500 pessoas moram em Putukan.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.