Marko Djurica / Reuters
Marko Djurica / Reuters

Retomada de aeroporto no leste na Ucrânia deixa ao menos 4 mortos

Tropas leais ao governo interino de Kiev lançam 'operação antiterrorista em Kramatorsk

O Estado de S. Paulo,

15 de abril de 2014 | 13h25

KRAMATORSK, UCRÂNIA - Ao menos quatro pessoas morreram e duas ficaram feridas nas operações de retomada de tropas do governo do aeroporto de Kramatorsk, informou um porta-voz da milícia local pró-Rússia à agência de notícias RIA Novosti. Foi a primeira ação militar ucraniana contra um levante pró-russo na parte oriental do país.

"Há quatro mortos e dois feridos no aeroporto. Todos eles são da nossa milícia", informou o porta-voz, acrescentando que não houve vítimas entre as tropas do governo.

O presidente em exercício, Oleksander Turchynov, havia anunciado mais cedo uma operação antiterrorista contra insurgentes que haviam tomado controle de vários edifícios públicos no leste do país.

Tiroteio pesado foi ouvido no aeroporto perto da cidade de Kramatorsk. A TV estatal russa relatou que pelo menos 4 a 11 pessoas foram mortas, mas não houve confirmação das informações por fontes independentes. A maior parte dos tiros pareciam ter sido disparados para o alto, como alertas.   O governo ucraniano confirmou a retomada do aeroporto, mas não informou sobre vítimas.

O leste da Ucrânia foi varrido por protestos pró-Rússia desde o final de março. Manifestantes em Kharkiv, Donetsk, Gorlovka, Slaviansk e Kramatorsk se recusam a reconhecer a legitimidade do atual governo ucraniano e estão incitando autoridades interinas para realizar referendos semelhantes ao realizado na Crimeia em março e que levou a sua reunificação com a Rússia. / AP

Tudo o que sabemos sobre:
UCRÂNIARETOMADAEXÉRCITO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.