Oleg Stjepanovic/AP
Oleg Stjepanovic/AP

Retrospectiva 2011: Ratko Mladic é preso

Responsável pelo massacre de Srebrenica foi detido em 'vitória' da Sérvia

estadão.com.br

20 de dezembro de 2011 | 10h00

A Sérvia deu mais um passo em direção à União Europeia em 26 de maio. As autoridades do país prenderam nesse dia Ratko Mladic, ex-comandante do Exército servo-bósnio considerado o principal responsável pelo episódio conhecido como massacre de Srebrenica, quando 8 mil muçulmanos foram assassinados, na pior chacina da Europa desde a Segunda Guerra Mundial.

 

Veja também:

Os casos e o funcionamento do Tribunal para a Iugoslávia

lista Saiba quais os processos que Ratko Mladic enfrenta

documento Perfil: Mladic, o responsável pelo massacre de Srebrenica

 

Mladic estava foragido há, mas foi capturado em Lazarevo, no norte da Sérvia. Apesar de usar um nome falso - Milorad Komadic -, o ex-militar não usava disfarces e não resistiu à detenção. Sua prisão, disse o presidente sérvio, Boris Tadic, significou a remoção de "um fardo pesado dos ombros da Sérvia e o fechamento de uma página infeliz da história do país".

 

A captura de Mladic - e também a de Goran Hadzic, outro criminoso da Guerra da Bósnia - abriu as portas para a entrada da União Europeia, uma vez que o bloco exigia a prisão de todos os envolvidos no conflito como condição para o ingresso do país. Todos os criminosos relacionados à guerra da Bósnia estão detidos, mortos ou já foram julgados.

 
Tudo o que sabemos sobre:
retro2011MladicSérviaEuropa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.